FATOS RELEVANTES PUBLICADOS EM 06/11/2018

BRASIL/POLÍTICA

Bolsonaro afirma que reforma da Previdência será gradual e que pretende ter “alguma coisa” aprovada ainda neste ano

Durante entrevista concedida à Band, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, declarou, referindo-se à reforma da Previdência Social, que “não está batido o martelo” e que tem “desconfiança” em relação à proposta de sistema baseado na capitalização (em que cada trabalhador contribui para pagar a própria aposentadoria no futuro)

  • “Quem vai pagar? Hoje em dia, mal ou bem, tem o Tesouro, que tem responsabilidade. Você fazendo acertos de forma gradual, atinge o mesmo objetivo sem levar pânico à sociedade”, disse Bolsonaro
  • o presidente eleito afirmou que o sistema vigente é como um contrato e que a reforma significa “mudar uma regra no meio do caminho” e isso não pode ocorrer “sem levar em conta que tem um ser humano que vai ter a vida que será modificada”
  • durante entrevista veiculada pela TV Aparecida, gravada na última quinta-feira, Bolsonaro disse que tentará aprovar “alguma coisa na reforma da Previdência” ainda este ano e que “o grande passo” é “passar para 61 anos [a idade mínima de aposentadoria para] o serviço público para homens e 56 anos para mulheres e majorar também um ano nas demais carreiras”, “um bom começo pra gente entrar o ano que vem já tendo algo de concreto para nos ajudar na economia”
  • de acordo com o diário O Estado de S.Paulo, Bolsonaro “reconheceu que tem ‘antagonismos’ com seu futuro ministro da Justiça e Segurança Pública, juiz Sérgio Moro, em temas como a redução da maioridade penal, a liberação da posse de armas para cidadãos comuns e o fim da demarcação de terras indígenas – propostas que defende e que são combatidas pelo magistrado”
  • imagem acima de Veja

 

Após Moro aceitar cargo oferecido por Bolsonaro, defesa de Lula pede libertação do ex-presidente, vítima de “caçada judicial entabulada por um agente togado”

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou com pedido de liberdade no Supremo Tribunal Federal (STF), argumentando, diante da aceitação, pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba (PR), do cargo de ministro da Justiça no governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro, que “Lula está sendo vítima de verdadeira caçada judicial entabulada por um agente togado que se utilizou indevidamente de expedientes jurídicos para perseguir politicamente um cidadão, buscando nulificar, uma a uma, suas liberdades e seus direitos”

  • de acordo com o site do PT (clique aqui), os advogados de Lula querem que seja reconhecida a suspeição de Moro para julgar processos contra o ex-presidente e que sejam considerados nulos todos os atos processuais que resultaram na condenação no caso do chamado “tríplex do Guarujá”
  • o pedido ainda requer que sejam suspensas outras ações penais contra Lula que estavam sob a responsabilidade de Moro, como as que tratam de suposto favorecimento por meio da reforma de um sítio em Atibaia (SP) e de supostas propinas da empresa Odebrecht
  • durante palestra realizada em Curitiba, Moro afirmou que, após tomar posse no cargo de ministro da Justiça, pretende apresentar um “pacote legislativo […] com medidas anticorrupção e anticrime organizado”
  • imagem acima de Carta Capital

 

BRASIL/ECONOMIA

Bolsa bate recorde e dólar sobe 0,88%

O Índice Bovespa (Ibovespa), que mede o desempenho de ações negociadas na B3, a principal bolsa de valores brasileira, encerrou o pregão aos 89.598 pontos (novo recorde), com alta de 1,33%

  • o movimento diário atingiu 12 bilhões de reais
  • a cotação do dólar comercial para venda fechou em alta de 0,88% para R$ 3,7269
  • imagem acima de Diário dos Campos

 

Embraer anuncia venda de 15 jatos para companhia aérea americana

A fabricante brasileira de aeronaves Embraer informa, em comunicado ao mercado, que a companhia aérea americana American Airlines Inc. apresentou pedido firme para a aquisição de mais 15 jatos E175 por 705 milhões de dólares

  • segundo o diário O Globo, o comunicado afirma que a encomenda será incluída na carteira de pedidos firmes da Embraer do quarto trimestre de 2018 e as entregas começarão em 2020
  • de acordo com a Embraer, a American Airlines selecionou sua subsidiária Envoy para operar as 15 aeronaves, que serão configuradas com um total de 76 assentos, sendo 12 de primeira classe e 64 de classe econômica, incluídos os de classe econômica extra
  • segundo o portal de notícias G1, a Embraer informou que, com esse contrato, foram vendidas, desde janeiro de 2013, 435 unidades do modelo E175 para companhias aéreas na América do Norte, o que equivale a mais de 80% do total de pedidos no segmento de jatos de até 76 assentos
  • imagem acima de Wikipédia

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *