FATOS RELEVANTES PUBLICADOS EM 11/10/2018

Pesquisa Datafolha para o segundo turno da eleição presidencial aponta Bolsonaro com 58% e Haddad com 42%

Resultados de pesquisa, realizada pelo instituto Datafolha nesta quarta-feira, sobre o segundo turno da eleição presidencial apontam Jair Bolsonaro (PSL) com 58% das intenções de voto, ante 42% atribuídos a Fernando Haddad (PT) – o resultado exclui votos brancos e nulos e os que se declararam indecisos

  • votos brancos e nulos somam, de acordo com a pesquisa, 8%; 6% dos entrevistados se declararam indecisos
  • levando em conta os votos totais (que incluem nulos e brancos e indecisos), Bolsonaro bate o adversário por 49% a 36%
  • segundo a pesquisa, Bolsonaro só perde regionalmente para Haddad no Nordeste, onde o petista obteve 52% dos votos totais e ele, 32%
  • na Região Centro-Oeste Bolsonaro bate o adversário por 59% a 27% dos votos totais; na Norte, por 51% a 40%; na Sudeste, por 55% a 30%; na Sul, por 60% a 26%
  • entre as mulheres, Bolsonaro obteve 42% dos votos totais (Haddad, 39%) e, entre os homens, 57% (o petista, 33%)
  • entre os que preferem Bolsonaro, 62% situam-se entre os que têm renda familiar média mensal entre 5 e 10 salários-mínimos e acima de 10 e 58% entre os que têm ensino superior
  • Haddad é apoiado por 44% dos que têm renda familiar média mensal de até dois salários-mínimos e por 44% dos quem têm só o ensino fundamental
  • Bolsonaro obteve apoio de 60% dos entrevistados que se declararam evangélicos, enquanto nesse segmento Haddad alcançou 26% (entre os católicos, Bolsonaro bate o adversário por 46% a 40%)
  • foram entrevistadas 3.235 pessoas em 227 municípios; a margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais para mais ou para menos
  • imagem acima de Veja

 

PSD, DEM, Solidariedade, PR e PPS anunciam que se manterão neutros no segundo turno; grupo de militantes do PSDB declara apoio a Haddad

O PSD divulgou nota, assinada pelo presidente do partido, Alfredo Cotait Neto, a qual afirma que não apoia nem Jair Bolsonaro (PSL), nem Fernando Haddad (PT) no segundo turno da eleição à Presidência da República

  • ACM Neto, presidente nacional do DEM
  • o Podemos divulgou nota informando que sua Executiva Nacional decidiu pelo “posicionamento institucional de neutralidade no segundo turno das eleições” e pela “liberação da militância, líderes políticos e representantes para apoio aos presidenciáveis”
  • de acordo com artigo publicado no site de O Estado de S.Paulo, Paulinho da Força, presidente do Solidariedade, anunciou que a sigla liberou “os dirigentes a apoiar quem quiserem” no segundo turno (a Força Sindical, principal base do partido, acompanhou outras seis centrais e declarou apoio à candidatura de Haddad)
  • segundo o artigo, o líder do PR na Câmara dos Deputados, José Rocha (BA), declarou que o partido decidiu “liberar todos os quadros para seguir com Bolsonaro ou Haddad”
  • a Executiva Nacional do PPS decidiu liberar os filiados para o segundo turno da eleição presidencial
  • líderes do grupo do PSDB “Esquerda Para Valer”, que reúne cerca de 5 mil militantes nas redes sociais, visitaram Haddad em São Paulo (SP), quando entregaram uma carta de intenções a ele e anunciaram que recomendam o voto no candidato petista no segundo turno
  • imagem acima de G1 – Globo.com

 

Bolsonaro fala sobre propostas econômicas, 13º do Bolsa Família e avisa que não participará de debates por recomendação médica

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, concedeu entrevista à TV Record, reproduzida na conta oficial do candidato no Twitter, durante a qual disse já ter propostas de reformas prontas para serem apresentadas em janeiro, inclusive para uma reforma tributária, caso seja eleito presidente

  • de acordo com o candidato, não haverá aumento de imposto, “até porque ninguém tem como pagar mais imposto no Brasil” e “a ideia é desburocratizar e desregulamentar muita coisa”
  • Bolsonaro disse ser contrário a privatizações no setor elétrico e que gostaria de manter estatal o “miolo” da Petrobras
  • segundo ele, “vamos preservar aqui o setor elétrico, Furnas, Banco do Brasil e Caixa Econômica”
  • durante entrevista à agência de notícias Reuters, o presidente do PSL, Gustavo Bebianno, disse, referindo-se à Petrobras, que a estatal “precisa ser revitalizada, tem que tirar a petralhada toda de lá, tirar o pessoal do MDB de lá e aí pode ser que um dia a gente pense em privatização, mais para frente”
  • segundo o diário O Estado de S.Paulo, em vídeo divulgado por aliados do PSL no Nordeste, Bolsonaro afirma que pretende estipular um 13º salário para os beneficiários do programa Bolsa Família, que será coberto por recursos gerados com a supressão de supostos benefícios irregulares
  • nota divulgada pela assessoria de Bolsonaro informa que ele não vai participar de debate com seu adversário no segundo turno da eleição presidencial, Fernando Haddad (PT), marcado para o próximo dia 17, pois “a equipe médica recomendou mais alguns dias de repouso ao candidato”
  • imagem acima de Money Times

 

Haddad propõe debate com Bolsonaro até em enfermaria e PT muda slogan e retira nome de Lula da marca de campanha no segundo turno

O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, declarou, durante entrevista coletiva concedida a jornalistas da imprensa internacional, referindo-se à ausência do opositor Jair Bolsonaro (PSL) em debate, por recomendação médica, que vai à “enfermaria em que ele estiver para debater o País”, pois “os brasileiros precisam saber a verdade sobre as coisas”

  • “Vamos tratar isso de forma adulta e não fazendo criancice na internet contando com a boa fé das pessoas que são crédulas. Muita gente acredita no que recebe no WhatsApp, mas lá você não tem o contraditório. No debate você tem”, disse o petista
  • de acordo com o diário Folha de S.Paulo, o comitê eleitoral de Haddad alterou o logotipo da campanha no segundo turno, retirando a expressão “É Lula” e substituindo a cor vermelha, predominante, por verde, azul e amarelo
  • o slogan da campanha, que era “O Brasil feliz de novo”, passou a ser “O Brasil para todos”
  • segundo o diário O Estado de S.Paulo, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, afirmou que a imagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva permanecerá nas propagandas políticas exibidas pela TV, pois seria uma “burrice” escondê-lo, já que é o ex-presidente quem tem conexão com o povo
  • “O Lula mantém a centralidade como legado, mas o desafio é mostrar que Haddad tem capacidade de implementar o projeto que Lula representa”

 

BRASIL/ECONOMIA

Dólar tem alta de 1,42% e Ibovespa cai 2,8%

A cotação do dólar comercial para venda encerrou o dia em R$ 3,7617, 1,42% acima da estabelecida no pregão do dia anterior

  • o Índice Bovespa (Ibovespa), que mede o desempenho de ações na B3, a principal bolsa de valores brasileira, terminou o pregão aos 83.679 pontos, 2,8% abaixo do patamar do dia antecedente
  • de acordo com artigo publicado na edição desta quinta-feira do diário Valor Econômico, neste mês, até o último dia 8, “o ingresso de capital externo na bolsa já atinge 2,21 bilhões de reais”
  • imagem acima de Piranot

 

Petrobras anuncia acordo com empresa americana para atuar no Golfo do México

A Petrobras emitiu comunicado informando que formará joint venture com a empresa americana Murphy para atuar na área de exploração e produção de petróleo e gás natural no Golfo do México

  • o negócio, segundo a estatal, será feito por meio da subsidiária da Petrobras, a Petrobras America Inc (PAI), e envolverá um valor total de até 1,1 bilhão de dólares, a ser recebido pela PAI, como compensação de 900 milhões à vista, correspondente à diferença de valor entre os ativos aportados por ambas as empresas no fechamento da operação
  • de acordo com o diário Valor Econômico, a Murphy será operadora com 80% de participação e, a PAI, com 20%
  • imagem acima de Exame

 

BRASIL/CONDIÇÕES DE VIDA

Juiz fecha aeroporto para impedir possível resgate de líderes do PCC

O juiz corregedor da Penitenciária 2 de Presidente Venceslau, Gabriel Medeiros, determinou o fechamento temporário por 20 dias do aeroporto do município por temer um possível regaste de presos que integram a cúpula da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital)

  • entre os presos da P2 de Presidente Venceslau está Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, apontado pela polícia e Ministério Público como o chefe número um da facção criminosa
  • de acordo com a decisão de Medeiros, “recebi informações acerca de possível movimentação arquitetada por conhecida facção criminosa cujos líderes encontram-se recolhido na penitenciária [de Presidente Venceslau]”
  • o juiz determinou que o município tomasse “providências necessárias para o isolamento físico da pista de referido aeroporto, de sorte a impedir pouso ou decolagens de aeronaves, com a colocação de barreiras físicas espalhadas para tal finalidade”
  • em nota, a Prefeitura de Presidente Venceslau confirmou a solicitação judicial e disse que fechou o aeroporto municipal

 

STF decide que estabilidade de grávida no emprego vale desde a confirmação da gravidez

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por oito votos a um, que o empregador é obrigado a pagar indenização a funcionária grávida demitida mesmo sem conhecimento prévio da gravidez

  • pela decisão, as mulheres grávidas têm garantia de estabilidade no emprego a partir da confirmação da gravidez, e não a partir da comunicação ao empregador
  • a indenização também é garantida nos casos em que a própria funcionária, quando demitida, desconhecia sua gravidez
  • o STF manteve entendimento anterior, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que estabeleceu que “o desconhecimento do estado de gravidez pelo empregador não afasta o direito ao pagamento da indenização decorrente da estabilidade”
  • a Constituição Federal garante a estabilidade a empregada desde a confirmação da gravidez até cinco meses após o parto
  • imagem acima de VIX

 

MUNDO/POLÍTICA

EUA responsabilizam governo da Venezuela por morte de opositor sob custódias das autoridades venezuelanas

Em um comunicado, a porta-voz do governo americano, Sarah Huckabee Sanders, afirmou que “os EUA condenam o envolvimento do governo do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, na morte do opositor Fernando Albán, na segunda-feira, quando estava sob custódia de autoridades venezuelanas” (imagem acima, de Folha – Uol)

  • segundo o procurador-geral da Venezuela, Tarek William Saab, Albán se suicidou pulando do 10º andar da sede do Serviço Bolivariano de Inteligência (Sebin), em Caracas, quando seguia para uma audiência de custódia
  • “Morreu em consequência do golpe recebido ao cair de uma altura […] não havia evidência de maus-tratos físicos prévios a essa queda”, disse Saab, ao ler trechos de relatório de autópsia
  • em seu Twitter, o vice-presidente americano, Mike Pence, publicou: “Condenamos nos termos mais fortes a morte do membro da oposição venezuelana Fernando Albán nas mãos do regime de Maduro. O regime continua a matar inocentes e os que defendem a democracia. Permanecemos com o povo venezuelano e exigimos a libertação dos presos políticos”
  • Albán havia sido preso na última sexta-feira por participação no atentado contra o governo Maduro, ocorrido em 4 de agosto último, quando dois drones explodiram em meio a evento militar em Caracas

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *