FATOS RELEVANTES PUBLICADOS EM 27/09/2018

BRASIL/POLÍTICA

Pesquisa CNI-Ibope aponta Bolsonaro com 27% das preferências e Haddad com 21%; no segundo turno, o petista venceria por 43% a 38%

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou a publicação “Pesquisa CNI-Ibope Suplemento especial – Intenção de voto” (clique aqui), segundo a qual, pesquisa realizada entre os dias 22 e 24 deste mês aponta, entre os candidatos à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL) com 27% das preferências dos entrevistados; Fernando Haddad (PT), com 21%; Ciro Gome (PDT), com 12%; Geraldo Alckmin (PSDB), com 8%; e Marona Silva (Rede), com 6%

  • foram entrevistados dois mil eleitores em 126 municípios e a margem de erro do levantamento é de mais ou menos dois pontos percentuais
  • num eventual segundo turno, Bolsonaro perderia para Haddad (38% a 42%), para Gomes (44% a 35%) e para Alckmin (40% a 36%), e venceria Marina (40% a 38%)
  • Bolsonaro é rejeitado por 44% dos entrevistados, Haddad e Marina, por 27%, Alckmin, por 19%, e Gomes, por 16%
  • imagem acima de Veja

 

Superintendente da PF em Minas afirma que delegado que investiga atentado contra Bolsonaro ocupou cargo de terceiro escalão no governo estadual e nunca teve contato com o governador Pimental, do PT

O superintendente da Polícia Federal (PF) em Minas Gerais, delegado Rodrigo Teixeira, declarou, referindo-se à apuração do atentado cometido contra o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, que “o inquérito vem sendo conduzido de forma isenta, como sempre é feito pela Polícia Federal” e, “neste caso, foi aberto à família da vítima e à própria vítima para que pudessem acompanhar o procedimento”

  • de acordo com o diário O Estado de S.Paulo, a declaração “foi uma resposta a uma afirmação do filho do presidenciável, Flávio Bolsonaro, que em entrevista disse que a PF havia colocado ‘um delegado que foi assessor do PT para encabeçar o inquérito’
  • o superintendente da PF disse que o delegado encarregado do inquérito, Rodrigo Morais, “exerceu cargo técnico na Secretaria de Defesa Social de Minas Gerais […] um cargo de terceiro escalão”
  • segundo Teixeira, “Morais nunca teve contato com o governador [Fernando Pimentel, do PT], e fez um grande trabalho na secretaria, porque estava muito qualificado para isso, tinha experiência”
  • imagem acima de AFP Photo

 

Haddad firma compromisso em defesa dos direitos das crianças com Unicef

O candidato à Presidência da República pelo PT, Fernando Haddad, participou de reunião com representantes do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e da Rede Nacional Primeira Infância (RNPI) em São Paulo (SP), quando firmou termo de compromisso pela garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes e pelo combate à mortalidade infantil

  • segundo o site do PT (clique aqui), Haddad afirmou durante o encontro que “estamos felizes em reiterar nosso compromisso em defesa dos direitos das crianças”
  • de acordo com o portal de notícias G1, o candidato afirmou que é o Bolsa Família que vai ajudar a diminuir a mortalidade infantil no País
  • Haddad disse que atualmente o programa sofre cortes “sem critérios” e havia “um controle muito rigoroso da condicionalidade, a frequência escolar e a vacinação”, enquanto atualmente “o controle da vacinação do Bolsa Família é muito precário, por isso, que a cobertura da vacinação tá caindo e a mortalidade infantil associada a falta de vacina tá aumentando”
  • imagem acima de PT

 

Após pequena cirurgia, Ciro Gomes recebe alta hospitalar

O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, recebeu alta do hospital em que se encontrava internado em São Paulo (SP), onde foi submetido a uma pequena intervenção cirúrgica na próstata

  • em vídeo postado em seu Twitter (imagem acima) Gomes afirmou que estava “saindo do hospital, com a lataria consertada”
  • o candidato afirmou que “a eleição está aberta e vai depender de quem tiver a militância mais aguerrida, mais firme e eu tenho a melhor militância de todos”
  • a equipe de campanha de Gomes informou que o candidato só vai retomar às atividades de rua na próxima segunda-feira

 

STF nega pedido do PSB para liberar votos de eleitores com títulos cancelados

O Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou, por sete votos a dois, pedido apresentado pelo PSB para autorizar a votação dos eleitores que tiveram o título cancelado por não terem comparecido à revisão do eleitorado nem terem feito o cadastramento biométrico

  • segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), cerca de 3,4 milhões de eleitores tiveram título cancelado por não comparecer à revisão do eleitorado, na qual o cadastramento biométrico é realizado
  • de acordo com o portal de notícias G1, o PSB pediu ao Supremo para liberar a votação de quem perdeu o cadastramento biométrico no primeiro turno
  • o partido também fez pedido alternativo para que, pelo menos, as pessoas sejam liberadas a votar no segundo turno
  • para a maioria dos ministros, a legislação que permite o cancelamento do título de quem não comparecer à revisão do eleitorado não fere a Constituição nem prejudica os eleitores
  • de acordo com o site do STF (clique aqui) votaram contra o pedido os ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes e Dias Toffoli; a favor, os ministros Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio Mello
  • imagem acima de Tribuna de Cianorte

 

BRASIL/ECONOMIA

Deficit do governo federal nos primeiros oito meses do ano é o menor desde 2015

A divulgação pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) de resultados das contas do Governo Central (que incluem Tesouro Nacional, Banco Central e INSS) referentes a agosto, os quais registraram deficit de 19,7 bilhões de reais

  • no acumulado dos primeiros oito meses deste ano, o deficit alcançou 58,6 bilhões de reais (ante deficit de 86,7 bilhões em igual intervalo do ano passado), o que é considerado o melhor resultado desde 2015
  • no período de 12 meses encerrado em agosto, o deficit atingiu 97,6 bilhões de reais (a meta do ano permite resultado negativo de até 159 bilhões)
  • imagem acima de  Folha do Sudoeste

 

BRASIL/CONDIÇÕES DE VIDA

Temer recebe plano de transição da intervenção na área de segurança pública do Rio de Janeiro

Durante reunião com o presidente da República, Michel Temer, o comandante Militar do Leste, general Braga Netto, apresentou o “Plano de Preparação da Transição da Intervenção no Rio de Janeiro”, o qual elenca o que já foi feito e o que ainda está em andamento e precisa ser mantido

  • participaram do encontro os ministros Joaquim Silva e Luna (Defesa) e Sérgio Etchegoyen (Segurança Institucional)
  • a intervenção na área de segurança pública do estado tem previsão de duração até 31 de dezembro próximo
  • segundo o diário O Globo, Temer recebeu o documento e não falou sobre uma eventual suspensão da intervenção no estado

 

MUNDO/POLÍTICA

No Conselho de Segurança da ONU, Trump acusa China e ameaça Irã com novas sanções

Durante reunião do Conselho de Segurança (CS) das Nações Unidas (ONU), em Nova York, marcada para discutir a não proliferação de armas de destruição em massa, o presidente dos EUA, Donald Trump (imagem acima, de Yahoo Noticias), acusou a China de tentar interferir nas próximas eleições legislativas americanas e pediu aos membros do CS que trabalhem para garantir que o Irã nunca tenha uma bomba nuclear

  • “A China tem tentado interferir em nossa próxima eleição, em novembro, contra meu governo”, afirmou Trump
  • o embaixador chinês, Wang Yi, declarou: “Não interferimos nem interferiremos nos assuntos internos de nenhum país. Nos recusamos a aceitar acusações injustificadas contra a China”
  • sobre o Irã, Trump disse que os EUA buscarão sanções adicionais “mais duras do que nunca” para conter a “conduta maligna” do país
  • em maio, Trump anunciou a retirada dos EUA do acordo nuclear de 2015 entre o Irã, os cinco membros permanentes do CS (além dos EUA, China, França, Rússia e Reino Unido), a Alemanha e a União Europeia

 

Trump diz que, em relação à Venezuela, “todas as opções estão sobre a mesa”

O presidente dos EUA, Donald Trump (imagem acima, de CDN), declarou, ao ser questionado por jornalistas sobre a crise na Venezuela, após a chegada do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, em Nova York, para participar da 73º Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), que “todas opções estão sobre a mesa com relação à Venezuela”

  • segundo o diário O Estado de S.Paulo, perguntado sobre a possibilidade de um encontro com Maduro, Trump disse que “certamente estaria aberto a isso”
  • durante discurso no plenário da ONU, o presidente venezuelano disse que apesar de “imensas divergências” com Trump, está “disposto a apertar a mão do presidente dos EUA” e “dialogar sobre os assuntos das diferenças bilaterais e da nossa região”

 

Departamento de Estado dos EUA anuncia novo encontro de Trump com líder da Coreia do Norte

A porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Heather Nauert, anunciou, por meio de comunicado, que o secretário de Estado, Mike Pompeo, viajará para a República Democrática do Povo da Coreia (Coreia do Norte, DPRK, na sigla em inglês), em outubro, para preparar uma segunda reunião entre o presidente Donald Trump e o líder da DPRK, Kim Jong-un

  • segundo o comunicado, o objetivo é “avançar ainda mais a implementação dos compromissos da cúpula EUA-DPRK em Cingapura, incluindo a desnuclearização final totalmente verificada da DPRK, e preparar uma segunda cúpula” entre os dois líderes
  • imagem acima de Folha – Uol

 

MUNDO/ECONOMIA

Banco Central dos EUA eleva taxa de juros

O Federal Reserve (Fed, o banco central do EUA) anunciou a decisão unânime de seu Comitê de Política Monetária (Fomc, na sigla em inglês), de elevar a taxa de juros referencial da faixa de 1,75% a 2% ao ano para 2% a 2,25%

  • o comunicado do Fed afirma que crescimento da economia e do mercado de trabalho está fortalecido e deve permanecer estável até 2019
  • imagem acima de Observatório Veias Abertas

 

MUNDO/CONDIÇÕES DE VIDA

Suprema Corte da Índia decide que lei do período colonial britânico, que criminaliza o adultério feminino, é inconstitucional

A Suprema Corte da Índia descriminalizou o adultério, ao declarar Inconstitucional artigo do Código Penal indiano, em vigor desde o período colonial britânico do país, que previa penas de até cinco anos de prisão por adultério não consentido pelo marido

  • pela lei anterior, o marido podia processar um homem que teve relações sexuais com sua esposa, mas o inverso não era permitido, o que discriminava as mulheres
  • o presidente do tribunal declarou em seu voto que “chegou o momento de dizer que o marido não é dono de sua esposa” que “a soberania legal de um sexo sobre outro sexo está errada”
  • em decisão unânime, os cinco juízes consideraram que “o adultério do ponto de vista criminal é uma medida retrógrada”
  • imagem acima de Jornal O Diário

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *