FATOS RELEVANTES PUBLICADOS EM 26/07/2018

Agencia EFE Agencia EFE

Trump e presidente da Comissão Europeia anunciam negociações sobre disputas comerciais

Leia mais

 

BRASIL/POLÍTICA

Em Brasília, Alckmin diz que será “ótimo” se Josué Gomes for o vice da chapa; senão, a definição se dará até o próximo dia 4

De acordo com o diário O Estado de S.Paulo, após jantar com representantes do “Centrão” (formado por DEM, PP, PRB, PR e Solidariedade), em Brasília (DF), na casa do presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI), o pré-candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, declarou ter até a data da convenção do partido, marcada para o próximo dia 4, tempo para definir a composição de sua chapa

  • segundo o jornal, o ex-governador paulista afirmou, ao deixar a casa de Nogueira, referindo-se ao convite feito ao empresário Josué Gomes (PR) para ocupar o posto de vice, que “se ele puder, ótimo; se não, sem pressa”
  • de acordo com o diário Valor Econômico, o pré-candidato do PSDB passou o dia em Brasília em contatos com políticos do partido e das agremiações integrantes do “Centrão”
  • o presidente do DEM, ACM Neto, afirmou a O Estado que “caso existam diversas opções, pode ser que a gente apresente mais de uma alternativa. A palavra final será de Alckmin. Nossos partidos têm bons nomes e não vamos ter dificuldade em encontrar um novo”
  • imagem acima de Veja

 

Para Ciro Gomes, suas declarações de crítica ao Judiciário foram tiradas do contexto para provocar intriga

O candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, participou da convenção estadual do partido em Ananindeua (PA) e durante o evento (imagem acima, de Alessandra Modzeleski/G1) disse que declarações que deu durante entrevista concedida a uma emissora de TV maranhense no último dia 16 foram tiradas do contexto para gerar intrigas

  • na ocasião, Gomes teria afirmado que, se eleito, colocaria o Judiciário e o Ministério Público de volta em suas “caixinhas” e que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva “só teria chance de sair da cadeia se a gente assumir o poder”
  • as declarações provocaram críticas de magistrados, promotores e procuradores da Justiça

 

Marina Silva discute pacote anticorrupção e cita presidente do Flamengo e Miro Teixeira como possíveis vices de sua chapa

A pré-candidata à Presidência da República pelo Rede, Marina Silva (imagem acima, de Criptomoedas Fácil), reuniu-se com representantes da ONG Transparência Internacional para discutir o lançamento de proposta com 70 medidas contra a corrupção

  • o pacote, formado por projetos de lei, propostas de emenda constitucional e resoluções, foi divulgado no início do mês passado e tem o apoio de 373 instituições
  • de acordo com a agência de notícias Reuters, após o encontro, Marina declarou que é preciso questionar as razões pelas quais a Justiça está interferindo na política e que a adoção de medidas contra corrupção poderão criar meios para que o Judiciário não precise mais “ir ao socorro da política”
  • a pré-candidata do Rede afirmou que segue discutindo a formação de alianças para a eleição deste ano e a escolha de um nome para o cargo de vice em sua chapa, citando o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, e Miro Teixeira, deputado federal, ambos filiados ao partido

 

Moro ironiza críticas ao fato de ter despachado durante as férias contra liminar que permitiria a libertação de Lula

O juiz Sérgio Moro, titular da 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba, declarou, durante fórum sobre corrupção, organizado na capital paulista pelo diário O Estado de S.Paulo, referindo-se ao fato de ter despachado no último dia 8, enquanto estava de férias, quando o desembargador plantonista Rogério Favreto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), acolheu liminar para libertar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (imagem acima, de Sérgio Lima/PODER 360) do regime de prisão, que “a imprensa vive questionando juiz por ter férias muito longas e quando ele decide nas férias também é criticado”

  • segundo o diário Valor Econômico, Moro “despachou dizendo que fora instruído pelo presidente do TRF4, desembargador Thompson Flores, a não obedecer à decisão antes de consultar o relator do processo, desembargador Gebran Neto”
  • de acordo com o Valor, Moro não registrou no sistema de transparência da Justiça Federal sua participação, em 16 de maio último, como palestrante em Nova York num evento promovido pelo Lide, empresa da família do ex-prefeito de São Paulo João Dória, pré-candidato do PSDB ao governo paulista
  • segundo o jornal, no TRF4 não há registro de tal participação, embora resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) classifica a presença de juiz como palestrante, conferencista, moderador ou debatedor em evento privado como “atividade de docência” e deve ser informada ao respectivo tribunal em até 30 dias
  • durante entrevista à TV Estadão, o advogado Luiz Fernando Casagrande Pereira, um dos responsáveis pela defesa de Lula no âmbito eleitoral, declarou que “a não ser que ele disfarce muito bem, estou convencido de que a posição dele é clara de não só registrar a candidatura como de ir até o final”
  • de acordo com Pereira, Lula “nunca fez nenhuma pergunta sobre a substituição. Para mim ele nunca cogitou. Nestas interlocuções que tive nunca fiquei com dúvida em relação ao propósito dele”

 

BRASIL/ECONOMIA

Dívida federal cresceu 1% no mês passado

A Secretaria do Tesouro Nacional (STN) divulgou relatório mensal segundo o qual o estoque da Dívida Pública Federal alcançou 3,754 trilhões de reais no mês passado, resultado 1,01% superior ao de maio

  • segundo texto publicado no site do Ministério da Fazenda (clique aqui), a alta ocorreu devido “à apropriação positiva de juros, no valor de 38,04 bilhões de reais, descontado parcialmente pelo resgate líquido, no valor de 0,41 bilhão” (emissões de 22,56 bilhões de reais e resgates de 22,96 bilhões)
  • imagem acima de Acritica.com

 

Dólar cai a R$ 3,7018, menor valor em dois meses

A cotação do dólar comercial para venda encerrou o dia em R$ 3,7018, 1,14% abaixo da do dia anterior

  • o valor da moeda americana no fechamento foi o menor desde 25 de maio último, quando atingiu R$ 3,6651
  • de acordo com o diário Valor Econômico, neste mês, o dólar apresenta baixa acumulada de 4,51%
  • imagem acima de Suno Research

 

Entidades do agronegócio pedem ao STF que ações contra o tabelamento do frete sejam julgadas pelas instâncias inferiores da Justiça

A Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) e a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) protocolaram no Supremo Tribunal Federal (STF) pedido de liminar para permitir que ação apresentada na 22ª Vara Federal de Brasília contra o tabelamento do frete seja julgada

  • o ministro Luiz Fux, relator de três ações de inconstitucionalidade sobre o tema, decidiu que enquanto analisa essas ações, todas as discussões nas instâncias inferiores da Justiça contra o tabelamento estão suspensas
  • de acordo com o diário O Estado de S.Paulo, “o caso está parado por causa do recesso parlamentar e só será retomado a partir do dia 27 de agosto, quando Fux pretende realizar audiência pública com entidades e especialistas – só depois disso deve tomar sua decisão”
  • imagem acima de Felipe Rau/Estadão

 

BRASIL/CONDIÇÕES DE VIDA

Decreto presidencial cria política de trabalho para presos e ex-presos

O Diário Oficial da União publicou decreto presidencial, firmado pela ministra Carmen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, que ocupa o cargo de Presidente da República interinamente, instituindo a “Política Nacional de Trabalho no âmbito do Sistema Prisional”

  • o texto do decreto afirma tratar-se de medida “voltado à ampliação e qualificação da oferta de vagas de trabalho, ao empreendedorismo e à formação profissional das pessoas presas e egressas do sistema prisional”
  • um dos objetivos é “ampliar a oferta de vagas de trabalho no sistema prisional, pelo poder público e pela iniciativa privada”, por meio da contratação, na execução de obras públicas, de presos ou ex-presos em qualquer serviço
  • segundo o decreto, quando a execução do contrato demandar 200 ou menos funcionários, o percentual de presos e egressos será de 3%; entre 200 e 500 vagas, de 4%; entre 500 e mil, de 5%; acima de 500, de 6%
  • o texto estabelece também que “a administração pública poderá deixar de aplicar o disposto neste artigo quando, justificadamente, a contratação de pessoa presa ou egressa do sistema prisional se mostrar inviável”
  • imagem acima de Umuarama News

 

MUNDO/POLÍTICA

Trump e presidente da Comissão Europeia anunciam negociações sobre disputas comerciais

O presidente dos EUA, Donald Trump, e o presidente da Comissão Europeia (CE), Jean-Claude Juncker, anunciaram, após reunião em Washington, ter chegado a um acordo para iniciar negociações com o objetivo de abrandar as disputas comerciais entre as duas partes

  • durante entrevista coletiva conjunta, Trump disse que seu país e a União Europeia (UE) estavam “iniciando a negociação agora, mas sabemos muito bem para onde estamos indo”
  • Juncker declarou: “Entramos em uma nova fase de nossas relações. Temos a maior relação comercial de todo o mundo, de 1 trilhão de dólares em transações bilaterais, e estamos lutando em conjunto em diversas frentes”
  • segundo o diário O Estado de S.Paulo, Trump disse que os europeus concordaram em zerar tarifas, barreiras e subsídios enquanto estiverem negociando
  • imagem acima de AP Photo/Alex Brandon

 

Presidente da China fala do rude golpe do “unilateralismo e protecionismo” no “multilateralismo econômico” e alerta: quem busca a hegemonia vai “acabar se machucando”

Durante discurso pronunciado na reunião anual de presidentes dos países formadores do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), realizada em Johannesburgo, o presidente da China, Xi Jinping (imagem acima, de Época NEGÓCIOS), declarou que “unilateralismo e protecionismo estão aumentando, dando um duro golpe ao regime multilateral de comércio”, mas “aqueles que buscam hegemonia econômica só vão acabar se machucando”

  • o presidente chinês disse também que a “atual ordem internacional não é perfeita”, mas deve ser mantida, “desde que seja baseada em regras, seja equitativa e que busque resultados com ganhos mútuos como seus objetivos”
  • segundo o diário O Estado de S.Paulo, horas antes da fala de Xi, o presidente dos EUA, Donald Trump, postou mensagem no Twitter, afirmando que as tarifas de retaliação da China eram direcionadas especificamente aos agricultores americanos, porque “eles sabem que eu os amo e os respeito”

 

Secretário de Estado dos EUA afirma que Coreia do Norte ainda fabrica combustível para boma nuclear, mas defende reunião de cúpula realizada em Cingapura

Durante audiência no Senado dos EUA, o secretário de Estado, Mike Pompeo (imagem acima, de AFP PHOTO), disse que a República Democrática do Povo da Coreia (Coreia do Norte, DPRK, na sigla em inglês) ainda produz combustível para bombas nucleares

  • segundo o diário Folha de S.Paulo, Pompeo defendeu os avanços obtidos depois da reunião de cúpula entre EUA e DPRK, realizada em Cingapura
  • o secretário disse que os EUA estão empenhados em “diplomacia paciente”, mas que o governo não deixará o processo “se arrastar sem fim”

 

MUNDO/ECONOMIA

Ações do Facebook caem 24% após divulgação de balanço do segundo trimestre

As ações do Facebook caíram 24% após o fechamento do mercado em Nova York, o correspondente a uma perda de aproximadamente 128 bilhões de reais em valor de mercado, após a empresa ter divulgado resultados de seu balanço do segundo trimestre deste ano, com um crescimento mais lento do que o esperado e uma previsão de queda nas margens de lucro e no número de usuários para o resto do ano

  • em relação ao primeiro trimestre, os usuários ativos na rede social aumentaram 1,54% para 2,23 bilhões, o menor ritmo de crescimento em três anos
  • o diretor financeiro do Facebook, David Wehner, durante conferência com investidores, que “continuar crescendo em número de usuários já era um desafio por si só. Com o escândalo [do vazamento de dados de usuários], ficou ainda mais difícil”
  • imagem acima de Recode

 

CIÊNCIA&TECNOLOGIA

Agência de pesquisa em projetos de defesa dos EUA anuncia financiamento de 1,5 bilhão de dólares em programa de desenvolvimento de chips convencionais com novos materiais

A Agência de Projetos de Pesquisa Avançada em Defesa (DARPA, na sigla em inglês) do governo dos EUA anunciou nesta terça-feira seu programa de financiamentos e subsídios para revigorar a indústria de chips convencionais para computadores com pesquisas básicas em projetos envolvendo o uso de novos materiais, com aportes para cientistas acadêmicos e industriais da ordem de US$ 300 milhões por ano até um total de US$ 1,5 bilhão ao longo dos próximos cinco anos.

  • A DARPA também tem apoiado pesquisas para o desenvolvimento de computadores quânticos, mas a perspectiva é a de que estes, quando se tornarem funcionais em grande escala, terão num primeiro momento grande porte se comparados com os convencionais e aplicações específicas, o que indica uma longa sobrevida útil para os chips convencionais de “estado sólido”, como os de cristais de silício que dominam o setor há cerca de 50 anos e novos materiais em desenvolvimento, como nanotubos de carbono
  • os chips da Era do Silício chegaram praticamente no limite da miniaturização possível, de modo que chega também ao limite a chamada Lei de Moore, formulada em 1965 por Gordon Moore, co-fundador da Intel, segundo a qual o número de transistores acomodados juntos dobra a cada dois anos, período depois encurtado para 18 meses
  • os elétrons que transportam informação estão confinados em fragmentos de silício com apenas 100 átomos de largura, o que requer projetos complexos para impedir  os “vazamentos” de elétrons” que causam erros
  • por isso, estão cada vez mais altos os custos para a miniaturização de chips convencionais e cada vez menores os lucros da indústria com seu desenvolvimento e fabricação
  • o que se espera dos chips com novos materiais não é exatamente um ganho de velocidade de processamento e capacidade de armazenamento de dados, mas o aumento da eficiência energética, ou seja, uma diminuição em até 30% do consumo de energia
  • a edição on-line da revista Science dá mais detalhes sobre o programa da DARPA
  • na imagem acima, de Stanford Engineering/Science, wafer com centenas de chips feitos com nanotubos de carbono

 

Tibunal europeu determina que edição de genes em plantas e animais para alimentação deve submeter-se às mesmas regras que valem para organismos geneticamente modificados (GM)

  • O Tribunal de Justiça da União Européia (TJUE) divulgou ontem sua decisão de que plantas e alimentos produzidos com organismos nos quais foram aplicadas técnicas de edição de genes, entre elas a CRISPR-Cas9, a de maior sucesso atualmente, devem estar sujeitos aos mesmos regulamentos que governam os organismos geneticamente modificados (GM) por métodos métodos clássicos
  • a decisão da corte suprema emanou de consulta feita pelo governo da França em 2016 a respeito da diretiva da União Europeia, de 2001, que estabeleceu as normas para a liberação intencional de organismos geneticamente modificados no meio ambiente
  • a diretiva visava espécies nas quais são inseridos genes inteiros ou longos trechos de DNA vindos de outras espécies, não se aplicando aos organismos cujos genomas foram modificados usando técnicas de mutagênese, como a irradiação, que introduz mudanças no DNA sem adicionar material genético “estrangeiro”
  • em 2016, o governo francês pediu ao TJUE para interpretar essa diretiva à luz das técnicas de melhoramento de plantas por meio da edição de genes, em que trechos curtos do DNA são desativados ou substituídos por outros de um modo que pode ou não ser caracterizado como adição de material externo
  • o informe oficial do ECJ dá mais detalhes
  • imagem acima de Cellectis Group

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *