CIÊNCIA&TECNOLOGIA – No cinquentenário de “2001, Uma odisseia no espaço”, Stanley Kubrick e Arthur Clarke dão nomes a montanhas em Caronte, lua de Plutão

MGM Records & Deutsche Grammophon, MGM/Ronald Grant Alamy Stock Photo e  ITU Pictures MGM Records & Deutsche Grammophon, MGM/Ronald Grant Alamy Stock Photo e ITU Pictures

15/04/2018

A União Astronômica Internacional (UAI) divulgou em 4 de abril sua primeira lista de nomes oficiais atribuídos a diversos aspectos da topografia de Caronte, a maior das cinco luas de Plutão, entre os quais estão os do diretor de cinema Stanley Kubrick e do escritor Arthur Clarke, autores de 2001, Uma odisseia no espaço, filme lançado em 1968 para se tornar o marco inaugural da moderna ficção científica no cinema

  • estrelado pelo ator Gary Lockwood, o roteiro de 2001 foi escrito a quatro mãos por Kubrick e Clarke, este o autor da obra que inspirou o filme, o conto The Sentinel (escrito em 1948, publicado em 1951)
  • o mapa em projeção do setor de Caronte que se vê acima foi produzido a partir de fotos enviadas em 2015 pela sonda New Horizons, lançada pela Nasa em 2006 (imagem de NASA/Johns Hopkins University Applied Physics)
  • Arthur Charles Clarke (Inglaterra, 1917 – Sri Lank, 2008) inaugurou seu talento como ficcionista ao propor em 1945, em texto publicado na revista Wireless World, o uso de um foguete derivado das bombas V2 criadas pela Alemanha na Segunda Guerra Mundial para colocar numa órbita a cerca de 36 mil quilômetros de altitude um satélite geoestacionário de comunicações (órbita de Clarke, como seria chamada), o que se tornaria realidade em 1965, quando entrou em operação o primeiro satélite desse tipo, o Intelsat I
  • Stanley Kubrick (EUA, 1928 – Inglaterra, 1999), produziu e dirigiu outros ícones do cinema como Spartacus (1960), Dr. Strangelove (1964), A Clockwork Orange (Laranja mecânica, 1971) e Eyes Wide Shut (De olhos bem fechados, 1999), este seu último trabalho
  • outros eventos nas últimas semanas também registraram o cinquentenário de 2001
  • uma reprodução do cenário da última cena do filme foi inaugurada no Museu de Aeronáutica e Espaço, em Washington, DC
  • a editora americana Simon & Schuster lançou uma história dos bastidores do filme (Space OdysseyStanley Kubrick, Arthur C. Clarke, and the Making of a Masterpiece) em livro de Michael Benson, com resenhas publicadas na revista Science e no jornal britânico The Observer
  • nas imagens em destaque na abertura, capa do LP original com a trilha sonora do filme (MGM Records & Deutsche Grammophon), Stanley Kubrick com o ator Gary Lockwood no set de filmagem (MGM/Ronald GrantAlamy Stock Photo) e Arthur Clarke em 1965 (ITU Pictures)

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *