FATOS RELEVANTES PUBLICADOS EM 29/03/2018

BRASIL/POLÍTICA

Em ato final da caravana “Lula Pelo Brasil”, ex-presidente, acompanhado por dirigentes de partidos e organizações de esquerda, critica a violência e defende a democracia

Durante ato de encerramento da caravana “Lula Pelo Brasil” (imagem acima, de Ricardo Stuckert), ocorrido em Curitiba (PR), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez declarações, durante discurso, contra a “violência e pela democracia”, defendeu sua pré-candidatura à Presidência da República e disse que, se eleito, não cobraria Imposto de Renda de quem ganha até cinco salários-mínimos

  • Lula disse que a imprensa foi “conivente o tempo inteiro” com os atos de violência enfrentados durante a caravana
  • na última terça-feira, dois dos três ônibus da caravana apresentaram perfurações e marcas na lataria e nos vidros que indicam que os veículos foram alvos de tiros
  • “Vocês nunca viram um ato de violência nossa contra qualquer candidato”, disse o ex-presidente
  • segundo o portal lula.com, estavam presentes no ato a candidata à Presidência pelo PCdoB, Manuela Dávila, o candidato do Psol, Guilherme Boulos, os senadores Roberto Requião (MDB) e João Capiberibe (PSB), parlamentares e dirigentes e PT, PSB, Psol, PCdoB e PDT, da Frente Brasil Popular, Frente Povo Sem Medo, CUT, MST, movimentos sociais e personalidades da esquerda
  • de acordo com o diário Valor Econômico, a ex-presidente Dilma Rousseff, também presente, subiu ao palanque para falar sobre a união das esquerdas, quando afirmou que a construção de seu impeachment “semeou o ódio” no País e, desde então, o PT tem enfrentado uma “violência cega, fascista, covarde”

 

Bolsonaro diz que petistas atiraram nos ônibus da caravana de Lula e Temer atribui clima de instabilidade ao discurso de “uns contra os outros”

Durante comício realizado nas imediações do aeroporto de Curitiba, o deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ), pré-candidato à Presidência da República, declarou, referindo-se ao ataque sofrido pela caravana do ex-presidente, que “Lula quis transformar o Brasil num galinheiro, agora está por aí colhendo ovos por onde passa” (imagem acima, de Rodolfo Buhrer/Reuters)

  • segundo o diário Jornal do Brasil, mais tarde, em Ponta Grossa, no interior paranaense, Bolsonaro declarou: “É tudo mentira. Está na cara que alguém deles deu os tiros. A perícia deverá ficar pronta entre hoje [quarta-feira] e amanhã e vai apontar a verdade”
  • durante entrevista à rádio Band News Vitória, o presidente da República, Michel Temer, disse, referindo-se ao ataque à caravana, que “é uma pena que tenha acontecido isso. Ficamos no País com essa coisa raivosa, isso não é útil”
  • de acordo com a agência de notícias Reuters, Temer também insinuou que a responsabilidade pelo clima de instabilidade e divisão no País vem do passado e do discurso de “uns contra outros”
  • segundo artigo publicado na edição desta quinta-feira do diário O Estado de S.Paulo, a Secretaria de Segurança Pública do estado do Paraná informou que duas equipes do grupo de elite da Polícia Civil foram incorporadas à investigação que apura o ataque sofrido pela caravana de Lula e deslocadas para Laranjeiras do Sul, município onde ocorreu o incidente
  • a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) emitiu comunicado (clique aqui) classificando o ataque como “gravíssimo” e afirmou que enviará ofícios à Secretaria de Segurança Pública do Paraná, ao Governo do Estado e ao Ministério da Segurança Pública, cobrando que a “apuração seja célere e a aplicação de sanções aos responsáveis seja correspondente à gravidade do caso”

 

BRASIL/ECONOMIA

Tribunal de Contas retira os dois principais blocos do leilão da 15ª Rodada de Licitações da ANP por considerar que haveria prejuízos à União

O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu retirar da 15ª Rodada de Licitações da Agência Nacional do Petróleo (ANP) os blocos S-M-534 e S-M-645, localizados na Bacia de Santos, por considerar que sua concessão provocaria perda de arrecadação para a União equivalente a 2,377 bilhões de reais

  • na 15ª rodada, marada para ocorrer estava programado o leilão de 70 blocos localizados fora da área do pré-sal, o que, segundo a legislação em vigor, permite que a licitação se dê sob o regime de concessão (o vencedor é o que apresenta a melhor oferta de bônus a ser pago à União)
  • a receita mínima prevista com os bônus arrecadados no leilão era de 4,8 bilhões de reais e os dois blocos retirados tinham potencial de arrecadação de 3,55 bilhões, equivalente a 74% desse total
  • a decisão do TCU baseou-se na avaliação de que os dois blocos estão muito próximos a uma área do pré-sal batizada de Saturno e, por isso, deveriam ser licitados com essa área, mas seguindo o modelo de partilha (no qual o vencedor é o que apresenta a melhor oferta da parte do óleo excedente – o que sobra após a retirada do volume correspondente aos custos da exploração – à União)
  • de acordo com o diretor-geral da ANP, Décio Oddone, é grande a possibilidade de que os reservatórios dos blocos removidos e os da área de Saturno sejam interligados, mas não se tem certeza sobre isso e, por esse motivo, a agência classificou os blocos como não pertencentes ao pré-sal
  • na imagem acima, plataforma da Petrobras na Bacia de Santos, O Globo

 

Em fevereiro, setor público registrou deficit primário de 17,4 bilhões de reais

O Banco Central (BC) divulgou a nota “Estatísticas fiscais” (clique aqui) referente a fevereiro passado, segundo a qual o setor público consolidado (governo central e estatais, governos estaduais e municipais) registrou deficit primário de 17,4 bilhões de reais

  • o governo central e as empresas estatais apresentaram deficit de 19 bilhões e 438 milhões, respectivamente
  • os governos estaduais e municipais registraram superavit de 2 bilhões
  • nos dois primeiros meses do ano, o resultado primário do setor público foi superavitário em 29,5 bilhões de reais (no primeiro bimestre de 2017 foi registrado superavit de 13,2 bilhões)
  • no intervalo de 12 meses encerrado em fevereiro, o setor público consolidado registrou deficit primário de 94,3 bilhões de reais, equivalentes a 1,43% do PIB
  • em fevereiro, o setor público consolidado apresentou resultado nominal (inclui o resultado primário e os juros nominais apropriados) deficitário em 45,8 bilhões de reais (no bimestre, o deficit atingiu 27,2 bilhões)
  • no intervalo de 12 meses encerrado em fevereiro, o deficit nominal do setor público consolidado atingiu 484,6 bilhões de reais, equivalentes a 7,34% do PIB
  • em fevereiro, a Dívida Líquida do Setor Público (DLSP) chegou a 3,431 trilhões de reais, o equivalente a 52% do PIB, 0,2 ponto percentual (p.p.) acima do registrado em janeiro
  • a Dívida Bruta do Governo Geral (Governo Federal, INSS, governos estaduais e municipais) atingiu 4,957 trilhões de reais em fevereiro, equivalentes a 75,1% do PIB e 0,6 p.p. acima do aferido em janeiro
  • imagem acima de Bahia Econômica

 

Banco Central reduz recolhimento compulsório dos depósitos a vista e avalia que medida pode devolver mais de 25 bilhões de reais ao Sistema Financeiro Nacional

O Banco Central (BC) publicou a Circular nº 3.890, a qual determina, entre outras medidas, a redução da alíquota de recolhimento dos depósitos bancários a vista de 40% para 25% e aumenta, de 70 milhões de reais para 200 milhões, a dedução dos valores sujeitos a recolhimento

  • por meio da Resolução nº 4.650, aprovada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), o BC reduziu as alíquotas do encaixe obrigatório dos depósitos da poupança de 21% para 20%, no caso da poupança rural, e de 24,5% para 20%, para as demais modalidades de poupança
  • de acordo com nota publicada no site do BC (clique aqui), “o impacto agregado das medidas pode ser estimado em 25,7 bilhões de reais devolvidos ao Sistema Financeiro Nacional”
  • imagem acima de Portal do Bitcoin

 

BRASIL/CONDIÇÕES DE VIDA

Novo relatório confirma nível alto de metais nos resíduos lançados sem tratamento no rio Pará por empresa norueguesa produtora de alumínio

O diário O Estado de S.Paulo publicou na edição desta quinta-feira artigo segundo o qual o Instituto Evandro Chagas (IEC) divulgou novo relatório que mostra resultados da avaliação dos danos ambientais e riscos à saúde humana causados por resíduos lançados sem tratamento pela empresa norueguesa Hydro Alunorte (imagem acima, de Jorge Quadros) no rio Pará, em Barcarena (PA)

  • de acordo com o jornal, os especialistas do IEC concluíram que mercúrio, arsênio, alumínio e urânio foram encontrados em concentração acima da permitida pela legislação brasileira nos resíduos
  • no último dia 19, após negar diversas vezes, o grupo norueguês Norsk Hydro reconheceu que sua fábrica de alumínio Hydro Alunorte derramou água sem tratamento no rio Pará, o maior da região
  • na terça-feira passada, a empresa divulgou nota (clique aqui) informando que o Norsk Hydro, como acionista majoritária da Hydro Alunorte, está “realizando uma análise interna e outra independente, conduzida pela consultoria ambiental SGW”, para esclarecer “todos os fatos relevantes em torno dos descartes de águas da chuva e águas superficiais da área da refinaria de alumina”
  • a nota também afirma que “não há indicação de impactos significativos ou duradouros no meio ambiente após as fortes chuvas de fevereiro na região Barcarena”

 

MUNDO/POLÍTICA

Embaixadora anuncia que EUA reduzirão verba destinada à ONU

Durante debate do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre a manutenção da paz, a embaixadora americana, Nikki Haley (imagem acima, de El País), disse que os EUA continuam sendo o principal apoiador financeiro do organismo internacional, mas que limitarão sua contribuição a 25% do orçamento, abaixo dos 28,5% atuais

  • Haley disse que os países-membro da ONU devem pagar uma cota maior para financiar os projetos das missões de manutenção da paz
  • segundo o diário Valor Econômico, Haley disse que o governo americano negociou o ano passado um corte nesse orçamento de 600 milhões de dólares e pretende reduzir ainda mais a contribuição anual
  • “No futuro, os EUA não pagarão mais de 25% do orçamento de manutenção da paz”, disse ela
  • o orçamento para a manutenção da paz para 2017-2018 é de 6,8 bilhões de dólares e 10 países pagaram a maior parte desse valor

 

Suíça congela ativos e adota sanções contra autoridades da Venezuelanas por suspeita de corrupção

A Secretaria de Estado para a Economia da Suíça emitiu comunicado informando o congelamento de ativos e a adoção de sanções contra autoridades da Venezuela suspeitas de corrupção e proibindo a exportação de tecnologias e produtos de ponta para aquele país

  • segundo o diário O Estado de S.Paulo, foram impostas sanções ao ministro do Interior, Néstor Luis Reverol Torres (imagem acima, de American Security Today); ao chefe de Inteligência, Gustavo Enrique González López; e à presidente do Conselho Nacional Eleitoral, Tibisay Lucena Ramírez; ao presidente do Tribunal Supremo de Justiça, Maikel José Moreno Pérez; ao procurador-geral da República, Tarek William Saab; e ao principal assessor do presidente Nicolás Maduro, Diosdado Cabello

 

Facebook anuncia mudanças na política de privacidade dos usuários de sua rede social

A empresa Facebook anunciou, por meio de comunicado emitido por Erin Egan, vice-presidente responsável pela privacidade da rede social, e Ashlie Beringer, diretora jurídica adjunta, que fará mudanças em sua política de privacidade para garantir aos usuários mais controle sobre suas informações

  • as mudanças foram anunciadas após denúncia sobre o uso ilegal de dados de mais de 50 milhões de usuários, e antes da entrada em vigor de uma nova regulação da União Europeia, prevista para maio próximo, sobre a questão da privacidade
  • no texto, Egan e Beringeer afirmam que “a última semana mostrou o quanto precisamos trabalhar para garantir que nossas políticas sejam respeitadas, e ajudar as pessoas a entender como o Facebook funciona e as escolhas que elas têm sobre seus dados”
  • entre as alterações a serem implantadas anunciadas, a rede deverá incluir novas configurações que permitirão aos usuários editar e deletar dados
  • imagem acima de Metro Jornal

 

MUNDO/ECONOMIA

União Europeia avisa países exportadores de aço que vai estudar salvaguardas

O diário Valor Econômico publicou na edição desta quinta-feira artigo segundo o qual a União Europeia (UE) comunicou aos países exportadores de aço que iniciou nesta semana investigação de salvaguarda sobre a importação de 26 tipos de produtos de aço

  • o objetivo, de acordo com o jornal, é proteger o bloco contra uma eventual entrada excessiva do produto que não puder ingressar nos EUA devido à imposição de sobretaxa de 25%, anunciada pelo governo americano
  • segundo Valor, a UE enviou aos países exportadores um questionário sobre o assunto para ser respondido no prazo de 21 dias
  • na imagem acima, funcionário de empresa chinesa de aço em Zouping, na China, de IstoÉ

 

CIÊNCIA&TECNOLOGIA

Descoberta de galáxia sem matéria escura reforça, mas ainda não prova, a teoria da existência da matéria escura

Equipe de astrônomos dos EUA descobriu uma galáxia do tipo globular com baixa densidade de estrelas na qual não se nota a influência gravitacional que seria exercida pela matéria escura (invisível), de natureza ainda desconhecida, cuja existência se infere do comportamento geral das galáxias e aglomerados de galáxias

  • artigo com o relato do experimente está programado para ser publicado na edição desta semana da revista Nature
  • a massa total de matéria escura no Universo seria 5 a 6 vezes maior do que a da matéria comum, a dos objetos visíveis
  • a galáxia NGC 1052-DF2, a cerca de 63 milhões de anos-luz da Terra na direção da constelação de Cetus (Baleia), é um aglomerado globular de baixa densidade, ultradifuso, como se diz, com apenas cerca de 200 milhões estrelas
  • a equipe rastreou os movimentos de 10 aglomerados de estrelas nas bordas dessa galáxia e descobriu que eles têm velocidades muito abaixo das esperadas, quase parados
  • isso indica que as estrelas nas bordas estão sob efeito gravitacional predominantemente da matéria comum
  • a matéria escura, se estivesse presente em proporção de acordo com o que geralmente se infere do comportamento das galáxias, exigiria que as estrelas periféricas da NGC 1052-DF2 transitassem com velocidades muito maiores
  • para uma galáxia como essa, as observações indicam que não há matéria escura presente ou, se houver, seria cerca de 400 vezes menos do que o esperado
  • o astrônomo Pieter van Dokkum, da Universidade Yale, principal pesquisador do grupo, disse ao diário britânico The Guardian que “parece não haver espaço para a matéria escura” nessa galáxia e que “se existe alguma matéria escura, seria muito pouca”
  • apenas a massa total da matéria comum das estrelas é suficiente para explicar o comportamento das mais periféricas nessa galáxia
  • as galáxias ultradifusas teriam essa característica justamente pela quantidade de matéria escura insuficiente para concentrar,  a partir dos seus primórdios, mais estrelas em menores volumes
  • a ausência de efeitos gravitacionais geralmente associados à matéria escura e o comportamento das estrelas em NGC 1052-DF2 de acordo somente com o que se espera da influência da matéria comum reforça, mais ainda não prova, o quadro geral da teoria sobre a matéria escura
  • a análise da NGC 1052-DF2 foi feita a partir de imagens obtidas por um telescópio relativamente simples, o Dragonfly Telephoto Array (DTA), operado no Novo México, EUA, com o objetivo de estudar os efeitos gravitacionais em galáxias ultra-difusas, muito volumosas, mas com relativamente poucas estrelas
  • o DTA é composto por um conjunto de lentes de telefoto usadas normalmente em máquinas fotográficas comuns

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *