FATOS RELEVANTES PUBLICADOS ENTRE 10 e 12/03/2018

BRASIL/POLÍTICA

Nova fase da Lava-Jato investiga obras da hidrelétrica de Belo Monte e tem Delfim Netto como principal alvo

A Polícia Federal (PF) iniciou na última sexta-feira a 49ª fase da Operação Lava-Jato, denominada “Buona fortuna”, para, segundo o site do órgão (clique aqui), “investigar pagamento de vantagens indevidas a agentes públicos e políticos por parte de consórcio de empreiteiras diretamente interessado nos contratos de construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte”

  • policiais federais cumpriram 9 mandados de busca e apreensão nos estados de Paraná e São Paulo, expedidos pelo juiz titular da 13ª Vara Federal de Curitiba, Sérgio Moro
  • de acordo com o diário O Estado de S.Paulo, o ex-ministro da Fazenda e do Planejamento na ditadura militar e ex-deputado federal Delfim Netto (imagem acima, de Veja), de 89 anos, “foi o principal alvo” da ação por ter sido beneficiado por propinas no valor de 15 milhões de reais, cujo repasse teria sido operado pelo ex-ministro Antonio Palocci
  • de acordo com o jornal, os investigadores da força-tarefa da Lava-Jato teriam comprovado que “pelo menos 4,4 milhões de reais das empresas vencedoras da licitação foram pagos ao ex-ministro”, repassados “por meio de contratos fictícios de consultoria a empresas que têm como sócios Delfim e um sobrinho”
  • segundo o Ministério Público Federal, Delfim Netto ajudou a montar um consórcio, em conjunto com o pecuarista José Carlos Bumlai, amigo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, para participar da licitação das obras de Belo Monte, num esquema cujo objetivo seria o de, segundo o jornal, “gerar propinas a membros do PT e do MDB”
  • de acordo com os investigadores, PT e MDB receberam 1% do total dos contratos de Belo Monte – 14,5 bilhões de reais –, o que daria 60 milhões para cada partido, dos quais 15 milhões foram repassados a Delfim Netto pelas empresas Camargo Corrêa, Andrade Gutierrez, Odebrecht, OAS e J. Malucelli, todas integrantes do consórcio Norte Energia
  • as falsas consultorias foram firmadas com as empresas Aspen Consultoria e LS Consultoria, que estão em nome do ex-ministro e de seu sobrinho, Luiz Appolonio Neto
  • Moro determinou o bloqueio de 4,4 milhões de reais das empresas e das contas do ex-ministro e de seu sobrinho
  • Delfim Netto alegou, em declaração publicada pelo diário Valor Econômico na edição desta segunda-feira, que recebeu honorários para ajudar a formar o segundo consórcio que disputou com a Andrade Gutierrez o leilão para a construção da usina de Belo Monte, uma vez que sem um outro grupo para competir não haveria concorrência no leilão
  • segundo Valor, “o consórcio ganhou a disputa, mas, pouco depois, o governo reuniu os ganhadores e perdedores no consórcio construtor”, que realizou a obra

 

Psol oficializa Boulos como pré-candidato à Presidência da República

A Conferência Eleitoral do Partido Socialismo e Liberdade (Psol) aprovou em definitivo, no sábado, os nomes do líder do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) Guilherme Boulos e da ativista indígena, Sônia Guajajara para compor a chapa de pré-candidatos que concorrerão à Presidência e à vice-Presidência da República, respectivamente, pelo partido em 2018 (imagem acima, de Jorge Ferreira/Mídia NINJA)

  • de acordo com nota da sigla, Boulos concorreu à indicação com Plínio de Arruda Sampaio Jr., Hamilton Assis e Nildo Ouriques e obteve quase 71% dos votos da conferência
  • segundo o portal IG de notícias, durante discurso Boulos colocou entre os objetivos de sua candidatura o “combate aos privilégios do ‘andar de cima’ da economia brasileira, a radicalização democrática, com plebiscitos e referendos para temas fundamentais, e o combate à direita junto à superação da estratégia da conciliação de classes na política”

 

Denúncia de prática de caixa 2 contra Serra é considerada prescrita pelo STF devido à idade do senador tucano

O diário O Estado de S.Paulo publicou na edição do último sábado artigo segundo o qual a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), decretou, na quinta-feira da semana passada, o arquivamento de inquérito contra o senador José Serra (PSDB-SP), investigado pela Operação Lava-Jato

  • Serra (imagem acima, de Tribuna da Internet) era suspeito de prática de caixa 2 (falsidade ideológica eleitoral por violação ao artigo 350 do Código Eleitoral), mas a ministra aceitou manifestação da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e reconheceu a prescrição do ato ilícito atribuído ao senador
  • a denúncia contra Serra partiu de declaração do empresário Joesley Batista, acionista do Grupo J&F, segundo a qual fez doações não contabilizadas para a campanha presidencial do senador em 2010
  • de acordo com Rosa, nesse caso, a prescrição ocorreria em 12 anos, mas, como Serra tem mais de 70 anos, a prescrição tem seu prazo reduzido à metade
  • assim, concluiu a ministra, “para o delito de falsidade ideológica eleitoral, cuja pena máxima é de cinco anos, a prescrição, para o investigado, consuma-se em seis anos”

 

Juiz de Brasília considera excessivo tempo de prisão provisória de Joesley Batista e decide soltá-lo

O juiz Marcus Vinícius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal do Distrito Federal, decidiu, na última sexta-feira, pela soltura dos executivos Joesley Batista (imagem acima, de Adriano Machado/Reuters) e Ricardo Saud, do Grupo J&F, dono da JBS, por considerar a “duração da prisão provisória dos executivos excessiva” (clique aqui)

  • ambos estavam presos há seis meses em São Paulo e Brasília, respectivamente, por omissão em delação premiada
  • de acordo com o diário O Estado de S.Paulo, o Bastos determinou que os empresários estão proibidos de se ausentar do País sem autorização judicial e devem comparecer a todos os atos do processo e manter atualizados os endereços onde podem ser encontrados
  • segundo o jornal, o magistrado determinou a Joesley que deposite “na sede deste Juízo Federal o seu passaporte”

 

BRASIL/ECONOMIA

Telefônica desiste de acordo com a Anatel para pagar multa de 2,7 bilhões de reais

O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Juarez Quadros, declarou na última sexta-feira que não há mais possibilidade de renegociação do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre o órgão e Telefônica no Brasil, dona da Vivo, pois “o prazo para negociação se encontra exaurido”

  • de acordo com artigo publicado pelo diário O Estado de S.Paulo na edição da última sexta-feira, a direção da Telefônica decidiu não assinar o TAC em negociação com a Anatel, o qual previa a substituição de 2,7 bilhões de reais em multas por investimentos de 5,4 bilhões no setor
  • a empresa teria apresentado nova proposta, de aproximadamente 1 bilhão de reais, e, como contrapartida, geraria investimentos menores
  • na quinta-feira passada, de acordo com o jornal, a Anatel “negou uma série de recursos da Telefônica e manteve multas de 370 milhões à empresa – ou 700 milhões, em valores corrigidos”, valores retirados do rol de multas que poderiam integrar o TAC e, “por isso, a empresa havia dito que não teria mais interesse em firmar o acordo nesses termos e informou que buscava renegociar uma proposta menor”
  • de acordo com O Estado, “o principal projeto do TAC era a instalação de rede de fibra óptica, para oferecer internet de altíssima velocidade, na periferia de 105 municípios do País, entre eles grandes capitais. O mais provável é que a empresa construa essa rede nessas mesmas cidades, mas apenas nas regiões mais ricas”
  • imagem acima de Startupi

 

BRASIL/CONDIÇÕES DE VIDA

Polícia do Ceará prende suspeito por envolvimento em assassinato de 7 pessoas

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Ceará divulgou em nota (clique aqui) que equipes da Polícia Civil prenderam, na madrugada deste domingo, um suspeito de envolvimento com homicídios registrados na noite da última sexta-feira, no bairro Benfica, em Fortaleza

  • na sexta feira, 7 pessoas (algumas delas com passagens pela polícia por tráfico e roubo) foram mortas a tiros em três endereços diferentes do bairro
  • a Polícia Civil informou, por meio de nota, que os suspeitos dispararam os tiros de dentro de um carro
  • as autoridades suspeitam que as mortes tenham relação com uma briga entre torcidas organizadas dos clubes de futebol Fortaleza e Ceará ocorrida no fim de semana passado, quando as duas equipes disputaram o clássico local, pois duas vítimas usavam uniforme de uma torcida organizada e todos os ataques ocorreram próximos à sede dessa torcida
  • segundo a secretaria, os policiais realizaram busca no apartamento do suspeito e lá encontraram dois revólveres calibre 38, uma pistola, munições e carregadores
  • o suspeito, que estava no imóvel, tentou fugir, mas foi contido
  • imagem acima, de Matheus Facundo/O Povo

 

Alunorte, produtora de alumina do Pará, admite despejo ilegal de resíduos

De acordo com artigo publicano nesta segunda-feira pelo diário Valor Econômico, a refinaria de alumina Alunorte (imagem acima, de Leopard Engenharia e Gestão), localizada em Barcarena (PA), pertencente à norueguesa Norsk Hydro, admitiu, no domingo, ter feito derrames não autorizados de dejetos, mesmo após o governo ter feito avisos sobre possíveis vazamentos de resíduos tóxicos de bauxita no entorno da refinaria

  • segundo o jornal, um mês antes, autoridades locais já haviam questionado a empresa sobre o caso, a qual declarou que não havia evidências de vazamentos
  • oValor informa que, no domingo, o porta-voz da Norsk Hydro, Halvor Molland, admitiu que a empresa decidiu vazar águas retidas em duas ocasiões, depois que chuvas pesadas aumentaram a pressão
  • segundo ele, posteriormente a empresa notificou as autoridades e não há “indicações de que a emissão controlada teve impacto negativo no meio ambiente”
  • de acordo com a agência de notícias Reuters, o Instituto Evandro Chagas, órgão vinculado à Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) do Ministério da Saúde (MS), comunicou que em breve publicará evidências de contaminação causada pela companhia

 

MUNDO/POLÍTICA

Parlamento da China aprova emenda que permite mais de dois mandatos presidenciais e inclui pensamento de Xi Jinping entre os princípios orientadores da Constituição

O plenário do 13ª Assembleia Nacional do Povo da China aprovou, neste domingo, emenda constitucional que elimina o limite de dois mandatos para os cargos de presidente e vice-presidente da República

  • segundo a agência de notícias oficial chinesa, Xinhua, o presidente da Comissão de Assuntos Legislativos, Shen Chunyao, afirmou após a votação que é “uma medida importante para melhorar o sistema de liderança do Estado”
  • dos 2.958 legisladores da assembleia, dois votaram contra a emenda, três se abstiveram e um voto foi cancelado por rasura na cédula de votação
  • outras 21 emendas constitucionais foram aprovadas pelo plenário, entre as quais, a inclusão no preâmbulo da Constituição, como um dos princípios orientadores da Carta, do “Pensamento de Xi Jinping [atual presidente chinês] sobre o Socialismo com Características Chinesas na Nova Era”, juntamente com o marxismo-leninismo, o pensamento de Mao Zedong, a teoria de Deng Xiaoping e a Teoria dos Três Representantes
  • imagem acima de Jason Lee/Reuters

 

Nas eleições legislativas da Colômbia, forças conservadoras e de centro lideram

Resultados parciais das eleições legislativas realizadas na Colômbia neste domingo indicam que, com 94% dos votos apurados para a escolha dos Senadores, o Centro Democrático aparece na liderança, com 16,5% dos votos, seguido pelos partidos Mudança Radical, com 13,8%, Conservador, com 12,4%, Liberal, com 12,4%, e Unidade Nacional (De la U, do atual presidente, Juan Manuel Santos), com 11,9%

  • na eleição para a escolha dos deputados da Câmara dos Representantes, o Partido Liberal aparece com 16,5% dos votos e o Centro Democrático, com 16,1%
  • paralelamente à eleição legislativa foram realizadas eleições primárias para definir os candidatos das alianças eleitorais lideradas pelos partidos Centro Democrático (de direita, apoiado pelo ex-presidente Álvaro Uribe) e Movimento Progressista (de esquerda)
  • apurados 81% das urnas, Iván Duque, pela aliança direitista, e Gustavo Petro, pela esquerdista, lideravam a votação
  • na imagem acima, em combinação de fotos, os pré-candidatos presidenciais Gustavo Petro e Iván Duque, de Jaime Saldarriaga/Reuters

 

Flórida ganha lei que eleva idade para compra de fuzis e permite que funcionários de escolas portem armas

O governador da Flórida, Rick Scott, sancionou, na última sexta-feira, lei que eleva de 18 para 21 anos a idade mínima para aquisição de fuzis, impõe espera de três dias para ter acesso à compra de qualquer tipo de arma e permite que professores e funcionários de escolas façam cursos de treinamento para trabalharem armados (imagem acima, de Mark Wallheiser/AP Photo)

  • Scott afirmou que a nova legislação atende a direitos individuais e a necessidades de segurança pública, e “é um exemplo para todo o país de que o governo pode se mover rapidamente”
  • segundo o diário O Estado de S.Paulo, a Associação Nacional do Rifle (NRA, na sigla em inglês) declarou que a lei “pune proprietários de armas pelos atos criminosos de um indivíduo transtornado”, em referência ao atirador que invadiu a escola secundária de Parkland (Flórida), no mês passado, matando 17 pessoas

 

MUNDO/ECONOMIA

Banco Internacional de Compensações avalia que guerra comercial pode elevar inflação global

O diário Valor Econômico publicou artigo segundo o qual relatório trimestral do Banco Internacional de Compensações (BIS) sobre atividade bancária avalia que a ameaça de guerra comercial dificulta a tarefa dos bancos centrais de normalizar suas políticas monetárias

  • segundo Valor, para o BIS, se houver uma sequência de retaliações e contrarretaliações comerciais, haverá forte impacto nos valores das moedas e na inflação
  • o banco entende que o que tem mantido as baixas taxas de inflação é a globalização
  • o BIS afirma que a volatilidade está de volta e que isso dificulta aos bancos centrais saírem das políticas de liquidez e dinheiro barato
  • imagem acima de Divulgação/BIS

 

CIÊNCIA&TECNOLOGIA

Mentiras no Twitter se espalham mais rápido, vão mais longe e atingem mais gente do que verdades porque os humanos, não os “robôs” de internet, são mais propensos a propagá-las, diz pesquisa

Estudo de cientistas do Massachusetts Institute of Technology (MIT), em Cambridge, EUA, revela que as notícias falsas se espalham pelo Twitter mais rápido e mais amplamente do que as verdadeiras graças ao modo como as pessoas reagem ao grau de novidade e ao conteúdo emocional da informação, mais do que pela ação de “robôs”, os sistemas automatizados para compartilhamento de informações on-line

  • os resultados do estudo foram publicados na edição desta semana da revista Science
  • foi investigada a difusão, entre 2006 e 2017, de cerca de 126 mil tweets com notícias falsas e verdadeiras postadas por cerca de 3 milhões de pessoas
  • falsidades se difundiram significativamente mais rápido, mais amplamente e foram mais fundo e mais longe do que verdades em todas as categorias de informação
  • notícias falsas sobre política, entretanto, se espalharam mais do que notícias falsas sobre terrorismo, desastres naturais, ciência, lendas urbanas ou informações financeiras
  • Mesmo as notícias verdadeiras mais populares raramente atingiram mais de 1 mil pessoas, enquanto que o 1% das falsidades mais disseminadas atingiram entre 1 mil e 100 mil pessoas
  • notícias falsas que chegaram a 1.500 pessoas fizeram isso seis vezes mais rápido do que as verdadeiras
  • falsidades foram 70% mais propensas a serem retransmitidas do que verdades
  • para os pesquisadores, ao contrário do que diz senso comum, os robôs aceleraram a propagação de notícias verdadeiras e falsas no mesmo ritmo, o que implica que a falsidade se espalha mais do que a verdade porque os humanos, não tanto os robôs, são mais propensos a propagá-la
  • assinam o artigo Soroush Vosoughi, Deb Roy e Sinan Aral
  • Imagem acima de Peter Beshai, a partir de dados de Soroush Vosoughi, Deb Roy e Sinan Aral

 

São tecnicamente plausíveis as novidades do arsenal estratégico da Rússia anunciadas por Putin, avalia The Economist

Getty Images

O anúncio de que a Rússia já conta com novos armamentos estratégicos, inclusive nucleares, que podem escapar dos atuais sistemas de defesa dos EUA e da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) foi feito pelo presidente Vladimir Putin em discurso ao parlamento do país em 1º de março último

  • entre as novas armas há um míssil de cruzeiro (cruiser, em inglês), que voa baixo, fora do alcance de radares, propulsado por motor nuclear a reação que lhe dá alcance praticamente ilimitado e drones submarinos capazes de se aproximar furtivamente de portos e destruí-los
  • diz a revista que não é nova a ideia de mísseis de longo alcance propulsados por motor nuclear a reação
  • nos anos 1950 e 1960, os EUA testaram em terra um motor nuclear a reação para o chamado American Supersonic Low Altitude Missile (SLAM), projetado para dar muitas voltas ao redor da Terra levando e despejando múltiplas bombas atômicas
  • a ideia básica do motor é simples: ar superaquecido por um pequeno reator nuclear dentro de uma câmara escapa para trás em alta velocidade e empurra o míssil para frente
  • o SLAM foi abandonado após o aperfeiçoamento dos mísseis balísticos intercontinentais (ICBMs, na sigla em inglês)
  • a revista afirma que fontes oficiais dos EUA confirmam que a Rússia já fez testes de voo com esses mísseis
  • Putin anunciou também ogivas nucleares capazes de fazer manobras evasivas mesmo quando em velocidades hipersônicas, conduzidas possivelmente por uma nova classe de ICBM
  • essa também seria uma ideia antiga que se tornou viável com o desenvolvimento da tecnologia
  • os EUA realizaram ao menos quatro testes de uma versão não nuclear desse tipo de arma entre 2010 e 2014; a China também realizou testes, mas a revista não tem detalhes
  • The Economist conclui lembrando que o anúncio de Putin foi em resposta à retirada dos EUA do Tratado sobre Mísseis Anti-Mísseis Balísticos, que limitava o desenvolvimento de defesas contra ICBMs, e à implantação pelos americanos de versões limitadas dessas defesas em seu território, em países do Leste da Europa e da Ásia e no mar
  • imagem acima de Marat Abulkhatin TASS/Getty Images

 

 


Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *