O financiamento da campanha por novo semanário

São diversas as formas com as quais buscamos financiar a campanha:

1 – Está à venda o DVD com a Coleção digitalizada das revistas Reportagem e Retrato do Brasil com o livreto do Manifesto por um novo semanário em defesa da independência nacional, pela democracia e pela elevação do padrão de vida material e cultural dos trabalhadores. As receitas da venda do DVD se destinam a financiar a primeira fase da campanha pelo novo semanário. A compra do DVD também dá o direito de acesso, por 12 meses, à versão on-line da coleção das revistas e outros materiais digitalizados a serem incorporados ao acervo. O DVD custa R$ 100,00 mais frete por Sedex. Visite nossa loja para comprar.

2 – Estão à vendas os livros recentemente publicados que exemplificam nosso jornalismo: “O Impeachment de Dilma – A história do golpe parlamentar que derrubou a presidente da República” e “As contas do Brasil são da sua conta – Dez artigos para entender a dependência financeira e as crises do País”.

3 – Mais recentemente, a editora deu início à publicação de uma série de Cadernos Especiais com grandes temas, dois dos quais já estão prontos: “Parou por quê?”, para entender a greve dos caminhoneiros que parou o Brasil em 2018 , e “Vai que é tua, Andrade”, que registra as articulações para manter afastado da disputa eleitoral o ex-presidente Lula. A comercialização dos Cadernos Especiais se faz de início em encontros com os cotistas apoiadores do projeto (leia abaixo).

4 – Estão à venda Cotas de Participação na campanha. As receitas obtidas desse modo são destinados a uma entidade jurídica criada exclusivamente para gerir a campanha, a Editora Manifesto S/A SCP (Sociedade em Conta de Participação). Explicamos:

De acordo com o boletim Consultor Jurídico (CJ), uma Sociedade em Conta de Participação “é uma reunião de pessoas físicas ou jurídicas para a produção de um resultado comum, operando sob a responsabilidade integral de um ‘sócio ostensivo’. É o sócio ostensivo quem pratica todas as operações em nome da SCP, registrando-as contabilmente como se fossem suas, porém identificando-as para fins de partilha dos respectivos resultados.” No nosso caso, a Editora Manifesto S/A é o sócio ostensivo da Editora Manifesto S/A SCP. Ainda conforme o CJ, “os sócios participantes (antigamente denominados ocultos), ou seja, todos os outros integrantes do empreendimento que não o sócio ostensivo, não têm participação na gestão dos negócios e se obrigam somente perante este último.” No nosso caso, os sócios participantes não aqueles que, convidados, adquirem cotas de R$ 5.000,00 ou R$ 10.000,00 com o objetivo único e específico de apoiar a campanha.

Entre em contato com a coordenação da campanha se estiver interessado em adquirir Cotas de Participação ou, o que é ainda mais importante, organizar em sua região ou área de atuação profissional ou política reuniões com outros potenciais apoiadores: fone 11 5084-1952; e-mail novo_projeto@editoramanifesto.com.br


Comente

Uma resposta para “O financiamento da campanha por novo semanário”

  1. Muito boa a iniciativa de edição de um semanário para lutar contra ditadura instituída no Brasil após o golpe midiático-judicial que derrubou a presidente Dilma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *